Vetor Tecnologia

Estruturas metálicas

 

Estruturas
metálicas

O Grupo Vetor Mathias desenvolveu tecnologia específica para dimensionamento de estruturas metálicas através da capacitação de equipes de engenharia e execução. Sempre é avaliado o melhor custo benefício entre as práticas recomendadas de engenharia com a otimização da espessura e corte de material. Isso é possível através da modelagem tridimensional através de softwares específicos para estruturas; que diminuem o tempo de pré-fabricação e facilitam a montagem de campo.

A montagem de estruturas metálicas necessita de um planejamento detalhado, com a sequência pré-estabelecida para cada tramo. Um bom planejamento permite economizar homens-hora e ao mesmo tempo manter a estabilidade do conjunto em todas as fases. As pré-montagens de seções no solo são sempre as maiores possíveis, diminuindo o trabalho em altura e minimizando os riscos da obra.

Desde a fundação, a equipe de topografia do Grupo Vetor Mathias acompanha a montagem e confere a posição dos chumbadores antes de iniciar a instalação das colunas. Todas as seções de estruturas com ligações por parafusos são pré-montadas no solo, sempre que possível. Somente são içadas para a posição final após os parafusos serem torqueados e liberados pelo controle dimensional. Os tramos soldados também são fabricadas com rigoroso controle dimensional. Estes cuidados se devem às deformações e contrações das soldas que podem alterar substancialmente as dimensões.  Desse modo evita-se acumular tensões residuais e até causar deformações na estrutura, comprometendo a verticalidade e o alinhamento do conjunto.

O procedimento e a sequência de montagem das estruturas podem variar de acordo com o tipo de estrutura. Também pode variar com o espaço disponível de pré-montagem e até pelos meios de acesso ao canteiro. Sempre que necessário, são utilizados esticadores, tirfors e talhas na montagem de estruturas para auxiliar o ajuste e verticalidade das peças. Ligações provisórias também são usadas para manter as peças na posição, principalmente nos estágios iniciais da montagem.

As aplicações mais comuns de estruturas metálicas industriais são:

  • Galpões;
  • Suportes de equipamentos;
  • Pipe-racks;
  • Plataformas marítimas;
  • Passarelas e passadiços.